Renovando a hipotéca = 5 anos de casa ( mas jáááá?? :o )

Esse ano faz 5 aninhos que compramos nossa casinha no Québec.
Aliás, ainda hoje o post onde falamos sobre o assunto esse se mantém como o post mais visualizado, o mais comentado e um dos mais “buscados” aqui no bloguito!

Sei também que nossa decisão naquela época inspirou outras pessoas a baterem o martelo e realizar esse sonho também. Não tô sendo presunçosa não, fora elas que disseram isso.

É por isso que volto ao assunto “casa própria no QC” para falar de duas coisas:

1) O processo de renovação da hipotéca, através deste post;
2) Nossa impressão de como é ser proprietário de casa no Canadá, depois de 5 anos de pova dos 9. Aguardem cenas dos próximos capítulos 😉

 

Em 2010, quando fizemos nossa hipotéca, tínhamos a opção de fazer por juros fixos, juros variáveis ou ainda um mix dos dois.

O juro fixo era 1% a mais que o variável. Mesmo assim, optamos pelo mais caro, o fixo.
Isso porque não tinhamos noção como funcionava o mercado financeiro aqui e não sabíamos o que todas aquelas letrinhas minúsculas queriam realmente dizer.
Sem falar no nosso trauma de nascidos no 3o mundo, onde como vocês sabem, as coisas ruins não acontecem “nem que a vaca tussa”, mas misteriosamente os cidadãos sempre se furnicam.

Nosso maior medo em fazer pelo juro variável era da prestação variar muito de um pagamento para outro, já que no BR éramos os campeões na Lei dos Smurfs (somos bacharéis em Murphy).
E por esses cinco aninhos fomos aprendendo como as coisas funcionam conforme fomos fazendo parte do sistema, fomos acompanhando mais as notícias e entendendo a linguagem, os jargões, os anacronismos, de onde vem os números…
E vimos que apesar da crise mundial e outros fatores, a taxa de juro básica do Banco do Canada, que é um dos fatores mais importantes na composição dos juros das hipotecas, não apenas não aumentou, como caiu significativamente. “Significativamente” para os padrões Canadenses, claro.

Nossa hipotéca venceria na verdade em maio.
Cumassim, casa paga já, em apenas 5 anos?

Não…O nosso financiamento (aqui chamado de hipotéca) foi em 21 anos, mas com uma taxa e condições fixadas por 5 anos. Se resolvessemos mudar algo antes dos 5 anos, seja de banco, de valores, de taxa ou o que quer que fosse, pagaríamos uma penalidade para o banco. Porém, ao final de 5 anos, poderíamos rever com o banco as todas as condições. Poderíamos, inclusive, passar nosso empréstimo para outro banco no caso de achar uma condição mais interesante em outra instituição (aaah, as belezas do capitalismo me inspiram!).

Porém, passar para outro banco tem seu preço também: a gente tem que submeter nossa aplicação de crédito para ser aprovada por esse novo banco, tem que pagar taxinha de vistoria do imóvel (para checar se ele vale mesmo aquilo que estamos alegando, já que em tese, a própria casa é a garantia do banco), e tem despesa com notaire, já que é ele quem muda o contrato de uma instituição para outra. Em suma: mudar de banco só mesmo se o outro oferecer uma condição que seja muito boa para cobrir as despesas todas.
Com tudo isso em mente, no início do ano começamos a checar a quantas andavam as ofertas de outros bancos em termos de taxas e promoções do gênero “mude pro nosso banco e pagamos seu notaire”.
Feliz e coincidentemente, na mesma época, a taxa básica de juros do banco do Canadá caiu consideravelmente, de novo.
É caros leitores, parece que aqui no hemisfério de cima a Lei dos Smurfs funciona do lado contrário para a gente, rsrs…

Dai que pesquisamos, pesquisamos, e chegamos numa taxa variável linda, oferecida pelo HSBC aos clientes premier: 2.30%.
E se variar, sendo sempre 0.50% menos que a taxa fixada pelos bancos.
Mas cumassim, justamente o HSBC, aquele da Cruela Cruel que nos esnobou quando precisamos fazer a compra da casa?! Sim!
Ai fomos ao banco onde temos a hipotéca e falamos: “ó, somos bons clientes como vocês podem ver ai e temos a condiçao X. Vão querer continuar com nosotros ou vamos ser dálmatas da Cruela Cruel? ”
Eles não só cobriram como ainda melhoraram: Fizeram a 2.25%; mesmo que varie, será sempre 0.60% a menos que os juros do mercado, e ainda não cobraram multa por renovarmos 3 meses antes do prazo.
Ainda que seja possível o Banco do Canada baixar mais os juros e os bancos se degladiarem mais pelos cliente, achamos que a situação proposta já nos dava bastante segurança e resolvemos bater o martelo.
Assim, ficamos no mesmo banco, economizamos despesas e dessa vez fomos nós quem esnobamos o HSBC, hehehe…

 

Abraços
Lapin-Mère
24.03.2015

7 comentários sobre “Renovando a hipotéca = 5 anos de casa ( mas jáááá?? :o )

  1. Oi Lapins !!! Eu pensava que fosse mais fácil trocar de banco. Considerando que a as taxas dos bancos são quase idênticas, a melhor coisa mesmo é ficar no mesmo banco.
    Falando da minha experiência, vou renovar ano quem que vem. Tenho há quase 4 anos a hipoteca com taxa variável. Comecei com 2,25% para 21 anos(pagando semanalmente). Por 3 anos a minha parcela não mudou, pois o Banco do Canadá não alterou a taxa de juros básica. Este ano a taxa de juros baixou, meu banco acompanhou e baixou a sua também(o que não é automático nem obrigatório). Assim, minha taxa de hipoteca agora é de 2,10%(o banco First National desconta 0,75%) e minha parcela baixou !
    Acho que vale a pena pois o risco, pois pelo que vimos no passado muito dificilmente os juros vão explodir. Se o orçamento permite um eventual pequeno aumento na parcela, por que não hipoteca com taxa variável ?
    Abs Ale

    1. Oi Ale!
      Pois é, as belezas de viver num país civilizado, principalmente no aspecto econômico!
      Tomara q até a data de sua renovação tenha caido mais ainda! Em tese o nosso deve baixar sempre q o mercado baixar…senao nào garantimos renovar com eles da proxima vez, hehehe

      Bjinz
      Erika

  2. Nossa! Que legal! Nem sabia que em algum lugar do mundo teria essa possibilidade.

    Então a cada 5 anos vcs tem que fazer esse msm procedimento? Vcs contratam algum seguro para caso de desemprego, falecimento de um dos titulares da hipoteca.

    Esse nome hipoteca me traz uma sensação ruim. Acho que a culpa é dos filmes americanos, one a pessoa fica desempregada, não tem dinheiro para pagar a hipoteca e fica sem casa, sem grana, sem nd.

    Adoro acompanhar a experiência de vcs aí.

    Bjs

    1. Oi Marge!
      Obrigada pela visita, pelo coment e por acompanhar nossa estória, isso nos deixa bem contentes de poder compartilhar.
      Esse procedimento nao eh obrigatorio ha cada 5 anos, depende quanto tempo fechamos de prazo com o banco. O mais comum é 3,5 e 10 anos.
      Isso serve para dar flexibilidade a ambas as partes de procurar uma condição melhor, respeitando um tempo minimo q p banco tem q fazer din din pra ele tb…
      Sim, a hipoteca só é aprovada se tiver o seguro da casa q garante o pagamento da hipoteca em caso de morte e semelhantes. É obrigatório. E a gente pode fazer seguro a parte para casos de desemprego.
      Esse nome hipoteca tb me assustava, acho q tb por conta de hollywood. Dava a impressao q a hipoteca era igual nosso temido penhor, affff
      Mas nao, é igual ao que no Brasil chamamos de financiamento, embora o financiamento no Brasil, ate onde sei, vc nao tem essa possibilidade de renegociar o contrato após X anos como aqui.

      Bjinz
      Erika

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s