Curiosidades em Ottawa e uma Constataçãozinha

Algumas curiosidades notadas nessa última ida à Ottawa:

1) Esse carrinho nao é um charminho???

A placa era bem engraçadinha também, mas apagamos parte. Era abreviação em inglês de uma frase que significa: “Vai lá garota!!” no melhor estilo “Vai que é tua Taffarel!”

2) A cidade estava bombando por conta da maratona de Ottawa.

3) Em termos de idioma, nos sentimos em Montreal ou Ville de Québec: francês era a língua dominante!

4) Tava cheeeeeeio de gente portando quadradinhos vermelhos na lapela. Inclusive crianças e idosos.

5) Confirmamos que na província de ON, a gasolina custa 10% menos que no QC. Já haviamos notado isso quando fomos para lá em abril.

O imposto sobre bens e serviços lá também é 1% mais barato.
Fazendo umas continhas básicas, conclui que se eu morasse lá, economizaria por ano ao menos CAD 400 só na gasoza (rsrsrs).

Mas como “não se pode ter tudo“, ou “não existe almoço de graça“, ou ainda “de algum lugar o dinheiro tem que vir“, eu pago feliz e sorrindo a gasolina mais cara aquí no QC. Por que?
Porque aqui no QC o sistema educacional “é o mais barato entre as províncias do Canadá“, o que ajuda a manter o acesso de mais pessoas a um sistema educacional e que as levará a ter salários mais gordinhos daqui uns anos (e consequentemente pagar impostos mais gordinhos também). Estudam por 3 ou 5 anos anos e contribuem com impostos gordinhos por 40 (me parece um bom negócio para a província, exceto se perdi algum capítulo…)
Porque se todo mundo for trabalhar como commis, não vai ter dinheiro em caixa para todo mundo se aposentar (nem para fazer outro monte de coisas).  Aliás, hoje se falou bastante sobre as últimas estatísticas demográficas: a população do Canadá acima de 60 anos nunca foi tão grande. E no QC (para quem gosta de comparações com outras províncias), a população está envelhecendo em um ritmo mais alto. O estimado para os próximos anos demanda cautela.

Fonte: http://journalmetro.com/actualites/national/80970/un-nombre-record-de-canadiens-de-plus-de-65-ans/

Abraços
Lapin-Mère
29/05/2012

9 comentários sobre “Curiosidades em Ottawa e uma Constataçãozinha

  1. Amei o carrinho! Assim como amo seu blog! Já leio a mais de um ano, mas é a primeira vez que comento. Também iremos pra Laval no primeiro semestre de 2013, se o consulado assim permitir…rs Parabéns pelo blog! Já amamos Laval atravás de seus olhos…. Um grande abraço, Helen e Guilherme.

    1. Oi Helen e Guilherme! Obrigada pelas visitas e pelo comentário inaugural super gentil!! Tomara que vire uma constante!! 🙂
      Ai, ele é muito fôfo!! Esse cílios sao um “must”, pena que nao combina com meu carango, senao eu ja providenciaria um par para mim!
      Boa sorte com o consulado e tomara que vcs. gostem de Laval como eu gostei (ou mais!).

      Abraços
      Erika

  2. Oi, post legal. Tenho morado em Ottawa por um ano a adoro esse lugar, mas eu tenho uma preferencia mais suburbana mesmo e não gosto de cidade grande, infelizmente o sistema de transporte não é muito eficiente. A discução é longa mas o pessoal daqui insiste que as vantagens sociais do QC não são grande vantagem e a principal reclamação é do sistema de saúde do lado de Gatineau. Bem eu não estou defendendo nenhum ponto apenas citanto que essa questão depende muito do ponto de vista e da percepcão de cada individuo.
    Só uma correçãozinha no seu artigo, a diferença do imposto é de quase 2%, Em ON a taxa é “harmonizada” de 13% enquanto no QC 5% federal + 9.5% em cima disso totalizando 14.98%.
    Ano que vem o QC vai aumentar o imposto (de novo) em mais um ponto percentual, o gap está crescendo.
    Detalhes:
    http://www.cra-arc.gc.ca/tx/bsnss/tpcs/gst-tps/gnrl/menu-eng.html
    http://www.revenuquebec.ca/fr/entreprise/taxes/tvq_tps/default.aspx

    1. Oi Daniel!! Obrigada pelo comentário pela correçao. Entao o negócio é ainda pior do que imaginei, provando que é verdade a tese que “nada é tao ruim que nao possa piorar”, né?
      Eu acho que se a gente pudesse mesmo como colocar na ponta do lápis todos os aspectos das finanças públicas X benefícios, possivelmente chegaríamos num empate técnico entre as províncias, e isso é o legal da coisa a meu ver. Nem pensei em levantar a questao de “onde é melhor”, pois como você disse, depende muito da percepçao individual; acho também que depende dos anseios de cada um e do perfil familiar.
      O meu comentário sobre as diferentas entre QC e ON foi apenas para deixar o gancho sobre o fato de muita gente aceitar goela abaixo um aumento de anuidade escolar do QC baseado apenas no argumento que “nas outras províncias a anuidade é bem mais alta”.
      O certo, a meu ver, seria comparar “pommes avec pommes” mas também “poires avec poires”, depois somar e dividir por 2!
      Se falam que a anuidade é a mais barata, pq nao fala que a gasolina é bem mais cara entao? E os impostos tb.?
      Como isso nao foi feito, eu me recuso a achar o aumento aceitável “só” por esse motivo, mas se houver outras explicaçoes plausíveis, mudo de opiniao na buena! Até agora nenhum argumento que andei ouvindo ficou sem contra-argumento, entao nao me convenceu.
      Ah, adorei Ottawa nas vezes que fui, mas só táva turistando, entao nao conta, né? A visao turismo é bem diferente da visao habitante.
      Tb. prefiro cidade menor, sabendo que a maior téa ali pertinho para quando me der vontade de cair na muvuca! rsrs

      Abraços
      Erika

  3. Poxa, só vi seus posts agora 😦 Se soubesse que vc vinha pra cá tinha te chamado pra tomar um cafezinho aqui em Gatineau!
    Tudo de bom pra vc!

    1. Camila, pas de problème et merci pelo convite antecipado, rsrs
      Próxima vez aviso e marcamos um café!
      bjocas

  4. Aqui na rua já vi esse carro, com os cílios, mas o carro era vermelho, engraçadinho!!!

  5. adorei o 500 com maquiagem.
    para noite deve rolar um rimel com gliter. rsss

    beijos
    ju

  6. Bon Jour Lapin-Mère,

    Falando em edução e ensino superior, você que tem um filha e deve estar bem por dentro dos assuntos e ainda não está com a cidadania, mas sim como residente: eu sei que ensino superior para estrangeiro é mais caro e um colega meu comentou comigo que para residente permanente o ensino superior também era caro, a pessoa só pagava o mesmo valor que os canadenses quando conseguia enfim a cidadania.
    Se tudo der certo para mim e meu esposo, eu irei terminar o ensino superior no canadá e já estou entrando em contato com algumas universidades para saber o custo, porém até agora apenas uma me respondeu e não foi de forma clara.
    Você tem a informação de quanto, em média um residente permanente paga por trimestre aí no Quebec? E se a informação que eu descrevi acima procede?

    Merci, Raquel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s