AS PASTAS

Imaginando como seria a entrevista com M. Karl Teixeira, cheguei a conclusão que por mais preparada que eu estivesse, eu estaria nervoséééérrima no dia D. Afinal, meu nome é Ansiedade Estressada da Silva.
Como em momentos de muito nervosismo, eu fico 300% estabanada, perco a visão, suo frio, perco parte da consciência e parte do raciocínio lógico (que já não tenho de sobra), resolvi dividir as pastas em duas para facilitar na hora H.
Usei daquelas pastas do tipo fichário e preferi usar saquinhos plásticos em vez de furar os papéis.
Também optei por usar esses plásticos de gramatura maior, pois fica mais apresentável e na hora do nervosismo elas deslizam melhor nas mãos (os fininhos embaraçam e amassam)

Pasta 1: DOCUMENTOS
Procurei colocar na ordem que eu imaginei de importância. Coloquei também tudo sempre na seguinte ordem: demandante principal/cônjuge/lapin fille. Ficou assim cada saquinho:
– certidões de nascimento (lógico, o mais importante é mostrar que a gente existe né? rsrsrs)
– comprovantes de renda/autonomia financeira
– diplomas + histórico escolar (mais recentes na frente) do demandante principal
– diplomas + histórico escolar (mais recentes na frente) do cônjuge
– diplomas + histórico escolar (mais recentes na frente) do dependente
– comprovantes de trabalho do demandante e cônjuge (carteiras profissionais e 3 últimos hollerits, mais recente na frente sempre)
– atestado de horas de francês (não estudamos na Aliança, mas fizemos uma prova lá para eles atestarem as horas)
– outros diplomas (curso diversos, como inglês, informatica …)
Pasta 2: DOSSIER QUEBEC
Procurei mostrar um estudo de forma mais ampla e depois ir focando nos detalhes, do macro para o micro. O que isso significa?
Reparti os impressos em informações sobre o país (Canadá), depois a província que escolhemos (Quebec), depois a cidade que seria, digamos, quase que obrigatoriamente a 1a aterrisagem (Montreal) e as opções de moradia (Laval e Longueuil).
Fiz uma sessão só para o Canada e outra só para o Quebec. Em cada uma procurei dados mais geográficos/estatisticos: bandeira como se fosse capa logo no início, mapa do país, mapas diversos, índices econômicos, história, hinos, administração pública e forma de governo, simbolos do país, tradições, festas, feriados, etc…
Depois uma sessão para cada cidade (uma Montreal, outra para Longueil outra para Laval )
Para cada uma das cidades, as seguintes sub-sessões:
dados geográficos: igual feito para Pais e Provincia, lembrando de anexar mapas de meio de transportes.
habitação: anúncios de studios para alugar, apartamentos para alugar e casas para comprar (a intenção foi mostrar que temos intenção de fixar raízes no Quebec, de no futuro comprarmos uma casa lá. Se vai dar certo gente, ja são outros 500, hehehe)
anuncios de empregos: tanto empregos na área que atuamos hoje como empregos em outras áreas que a gente possa se encaixar. A idéia aqui é mostrar que somos flexiveis.
Grifamos com caneta marca-texto as exigências/perfil de cada emprego para na hora ficar fácil localizar e mostrar para o entrevistador que estavamos dentro do perfil pedido.
Sempre na ordem: demandant principal, depois cônjuge.
Além disso, fizemos sessões com o passo-a-passo do processo de imigração (para mostrar que sabiamos de todo o caminho a percorrer), um projeto de imigração dos próximos 3 anos que nada mais é que uma tabela (em excel mesmo) com o passo-a-passo até a solicitação do visto de cidadão canadesne. Tudo com data de inicio e fim, estimados, claro.
Também tinha sessões com informações gerais sobre mercado de trabalho, sistema escolar do Quebec, perspectiva de crescimento do mercado de trabalho (marcando nossa profissão em destaque com caneta), como validar nossos diplomas no Canadá e por fim uma sessão chamada vida estudantil: Cegeps possiveis para a Lapin Fille, Universidades, cursos de extensão que podemos vir a fazer, etc…
Para faciliar a localização de todas essas informações na hora da entrevista, coloquei etiquetas (visores de pasta arquivo) grampeadas no plastiquinho que iniciava cada uma das sessões.
E nestas etiquetas, imprimi em cores diferentes para cada cidade: Azul Montreal (por causa da banceira), Verde para Logueuil, e Bordeau para Laval.
No final, as sessões ficaram nesta ordem na pasta:
– bandeira do Quebec
– Plano de Imigração
– Canada
– Quebec
– Montreal
– Habitação
– Empregos
– Longueil
– Habitação
– Empregos
– Laval
– Habitação
– Empregos
– Mercado de trabalho
– Vida Estudantil
– Outros Mapas
– Francês – Material de Estudo
Pour Lapin Mère
pasta-3.jpg
docs-pasta-2.jpg
untitled-3.jpg
 untitled-2.jpg
pasta-4.jpg
pasta-5.jpg

6 comentários sobre “AS PASTAS

  1. Olá!
    Achei muito bacana mesmo a forma como você elaborou seu dossiê! Posso copiar, colocando os créditos? Ainda nem fui convocada para a entrevista, mas quero me adiantar pra não deixar tudo pra última hora.

    Obrigada.

    Abraços,
    Roberta.

  2. Adorei! Muito organizadas. Vou fazer o mesmo!

    Dani Mello

  3. Muito interessante seu post, agradeço, esta me ajudando muito.
    Sds

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s